Menu

Cliqu       Rádio Cidade Caraá
            Rádio Cidade Caraá  

Prefeitura recebe Resíduos Eletroeletrônicos para reciclagem

07 AGO 2018
07 de Agosto de 2018
O município de Santo Antônio da Patrulha está recebendo resíduos eletrônicos para reciclagem. A ação é promovida pela secretaria municipal da Agricultura e Meio Ambiente em parceria com a empresa JG Recicla. Conforme explica o secretário André Randazzo dos Reis, o objetivo é dar solução aos resíduos eletroeletrônicos da população patrulhense, sem custo para o Município.

A JG Recicla tem sua sede em Alvorada/RS e oferece o serviço de coleta, manejo de resíduos e reciclagem de produtos eletroeletrônicos velhos ou sem condições de uso, emitindo Certificado de recebimento dos resíduos com a descrição do peso (quantidade). A empresa está devidamente licenciada junto a FEPAM LO nº 03271/2017DL e IBAMA – CTF/APP – nº 5737853.

Um eco ponto foi disponibilizado e está instalado na entrada do prédio principal da Prefeitura e qualquer pessoa pode se desfazer de seus aparelhos da maneira ambientalmente adequada. Já, as empresas que tenham um volume maior de resíduos eletroeletrônicos para descartar, podem entrar em contato direto com a JG Recicla, através do telefone (51) 3082.3336, que a mesma virá recolher os resíduos gratuitamente.

De acordo com a diretora de Meio Ambiente, Jordana Borba, para que não haja um impacto ambiental, o lixo eletrônico deve ser descartado e armazenado em locais específicos e não pode ser misturado com o lixo orgânico ou lixo de reciclagem normal (metais, plásticos e papéis). Muitos desses aparelhos possuem componentes químicos (como mercúrio, chumbo, berílio, entre outros), que poluem e contaminam o solo ou a água, caso entrem em contato.

“Vivemos na era da informação e, embora o conhecimento esteja cada vez mais acessível, muitas pessoas ainda não descobriram a importância do descarte adequado de materiais eletroeletrônicos. Muitas vezes eles são encontrados em lixos comuns e outros locais inapropriados, onde além de se misturarem a materiais reutilizáveis, acabam contaminando o meio ambiente. E nos dias atuais, não é essa a atitude que a sociedade espera de nós”, explica.

 

O que é coletado:

 

 

LINHA VERDE

 

Computadores Desktops, notebooks, periféricos, tablets, impressoras, celulares, secretárias eletrônicas, fax, telefonia, placas de circuito integrado, reatores, fios e cabos de energia, discos rígidos, fitas de backup, copiadoras, gravadores e reprodutores de DVD, monitores, plotters, scanners, terminais de caixa, terminais inteligentes, thin clients, unidades de armazenamento externo, cartuchos de tinta, toners, celulares, acessórios, mídias, PABX, modems, MP3 players, iPods, netbooks, roteadores, smartphones, teclados…

 

LINHA MARROM

 

Monitores, televisores de tubo, LCD, plasma, LED, áudio, projetores, filmadoras, aparelhos de VHS, DVD, Blu-ray, aparelhos de som, home theaters…

 

LINHA BRANCA

 

Refrigeradores, fogões, lavadoras, aparelhos de ar-condicionado, freezers horizontais e verticais, frigobares, lava-louças, secadoras domésticas…

 

LINHA AZUL

 

Batedeiras, secadores de cabelo, liquidificadores, ferros elétricos, furadeiras, multiprocessadoras, aquecedores, aspiradores de pó, cafeteiras, centrífugas, máquinas de costura, máquinas de escrever, micro-ondas, torradeiras, vaporizadores, ventiladores de mesa, ventiladores de chão, vídeo games, videokês, agendas eletrônicas, barbeadores, calculadoras, câmeras fotográficas digitais, microfones, fones de ouvido…

 

 

Saiba mais:

      O que é lixo eletrônico

 

Lixo eletrônico é todo e qualquer tipo de material produzido a partir do descarte de equipamentos eletrônicos, como eletroeletrônicos (computadores, celulares, tablets e etc.) e eletrodomésticos(geladeiras, fogões, microondas e etc.).

O lixo eletrônico, conhecido por e-lixo ou RAEE (sigla de Resíduos de Aparelhos Eletroeletrônicos), abrange também os componentes que constituem os eletrônicos, como baterias e pilhas(acumuladores de energia) e demais produtos magnetizados.

A produção do lixo eletrônico é feita em todos os setores, seja em residências, indústrias ou nos comércios. Com o avanço acelerado das novas tecnologias e o consumo ativo do capitalismo globalizado, a necessidade de atualização e obtenção de novos aparelhos eletrônicos é imensa e intensa. Neste contexto, eletroeletrônicos considerados obsoletos se tornam cada vez mais presentes, sendo descartados e trocados por novos aparelhos. Este ciclo de mudança pode gerar um grande impacto ambiental, caso o equipamento não passe por um processo adequado de descarte.

Atualmente, cerca de 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico são produzidas anualmente em todo o mundo.?

Para evitar essa contaminação, são necessários alguns cuidados:

·               Aparelhos celulares, baterias e demais periféricos podem (e devem) ser entregues às empresas de telefonia celular ou às fabricantes.

·               Doar equipamentos usados para outras pessoas, em vez de jogá-los fora. Além de não poluir o meio ambiente, ainda ajuda outra pessoa que esteja precisando.

·               Fazer o descarte dos equipamentos apenas em locais próprios, como cooperativas e empresas especializadas em reciclagem de materiais eletrônicos.

--        Viviani Silveira Assessoria de Comunicação Social Prefeitura de Sto Antônio da Patrulha
Voltar


Rádio Católica
Rua canto do meio, 150 - Caraá, RS - Brasil
cep: 95515-000

Tenha também o seu site. É grátis!