Menu

Cliqu       Rádio Cidade Caraá
            Rádio Cidade Caraá  

OUTUBRO ROSA: Atividade física pode ajudar a evitar o câncer de mama

02 OUT 2018
02 de Outubro de 2018
Um dos tipos de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo é o câncer de mama, que responde por aproximadamente 28% dos casos novos a cada ano, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer, o INCA. Além disso, este ano, a estimativa de novos casos está em quase sessenta mil. Antes dos 35 anos, esse tipo de câncer é relativamente raro, mas na medida em que a idade sobe gradualmente, principalmente depois dos 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Mas existem formas de tentar evitar o câncer de mama, uma delas é praticar atividade física regularmente, como explica o tecnologista da área técnica de Atividade Física do INCA, Fábio Carvalho.  

 

“A atividade física também é um fator de prevenção ao câncer. Ele atua diretamente em alguns fatores biológicos, além, de também atuar em uma via indireta prevenindo o sobrepeso e a obesidade. Em relação aos mecanismos que levam atividade física à prevenção de câncer, a gente pode citar redução dos níveis circulantes de estrogênio, que é um hormônio; em relação a resistência à insulina e da inflamação, ele reduz esses hormônios e contribui para prevenção de câncer”.

 

Ainda segundo o Fábio, praticar atividade física também é um benefício para quem está doente em tratamento ou já curado do câncer. 

 

“As pessoas que já passaram pelo tratamento e estão curados ou que estão com câncer, também se beneficiam com a atividade física. Nesses casos é bem importante ter um acompanhamento bem próximo do profissional de medicina que está acompanhando, assim como os outros profissionais, como o de educação física ou fisioterapeuta. Mas há benefícios sim, nesses mesmos mecanismos que eu citei, só é importante entender perfeitamente como é que ele vai poder fazer essa atividade física sem prejudicar o tratamento”. 

 

O câncer de mama pode ser detectado na fase inicial e, em grande parte dos casos, isso aumenta as chances de tratamento e cura. Por isso, a cada ano vem aumentando a adesão ao movimento "Outubro Rosa", que tem objetivo de chamar atenção para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. É importante que as mulheres fiquem atentas a qualquer alteração suspeita na mama e, se for o caso, buscar o serviço de saúde para investigação.

 

Reportagem, Janary Damacena.
Voltar


Rádio Católica
Rua canto do meio, 150 - Caraá, RS - Brasil
cep: 95515-000

Tenha também o seu site. É grátis!